Inspiralma

O que é o yoga?

Convidei a @jessicabisinella instrutora de Yoga para dar a visão dela sobre o que é o Yoga.

Quando começamos uma prática de yoga, normalmente todos os problemas e preocupações diárias estão borbulhando na nossa mente. Isso mostra que o nosso lado consciente está ativo. 

Durante a meditação inicial, ao se colocar em postura de lótus, sentado com as pernas cruzadas, coluna ereta, deixamos com que o ar circule livremente pelo corpo. Voltamos a atenção para a respiração, inalando e exalando, cheirando a flor e soprando a vela. Os batimentos cardíacos começam a desacelerar, e percebemos estar no momento presente, isso eleva a frequência vibracional e começamos a acessar o inconsciente.

Porque é importante acessar o inconsciente? Apenas 5 % do seu cérebro funciona de forma consciente, enquanto o inconsciente domina 95% de tudo o que fizemos.

O inconsciente age conforme gravamos o funcionamento do mundo desde a gestação até os 7 anos de idade. Tudo aquilo que acreditamos faz parte do nosso sistema de crenças, é como um programa que fica sendo reproduzido por toda a sua vida, se tornando o que você é. 

“Até você se tornar consciente, o inconsciente irá dirigir sua vida e você vai chamá-lo de destino. ”

Carl Jung

Você já deve ter ouvido falar que o corpo fala, pois então, conforme a parte do corpo que movimentamos, podemos acessar algum trauma que está armazenado ali. Durante a prática de yoga as crenças se manifestam através dos seus pensamentos, por isso levar a atenção para o que acontece na sua mente é importantíssimo para o desenvolvimento pessoal e autoconhecimento. Entre as crenças mais comuns dentro da prática percebemos o medo de errar, medo de cair, a incapacidade, comparação e a insuficiência. 

Um exemplo disso é quando estamos executando uma postura que exige um tempo de permanência, o nosso corpo e a mente serão desafiados. Através da respiração consciente conseguimos relaxar dentro do desconforto, e causamos sensações prazerosas a todo o nosso sistema. Quando conseguimos passar pelos desafios com presença e consciência, mudamos a nossa vida para melhor, pois a fonte do sofrimento não precisa existir.

A diferença da dor e do sofrimento é que a dor não temos como escolher não sentir, é uma realidade, ela existe e precisa de atenção. O sofrimento se manifesta de duas formas, ou porque a nossa mente está muito no passado, ou ela está muito no futuro. 

Sofremos pelo passado cada vez que revivemos na mente as sensações que a dor nos causou, a partir das experiências ruins pelas quais passamos. O programa fica rodando e repetindo os ciclos vividos, essa repetição de padrão só é quebrada quando trazemos para a consciência, e aí sim conseguimos entender, aprender e finalizar o ciclo.

Também estamos em sofrimento quando ficamos projetando e criando um futuro com base no programa de crenças limitantes armazenadas na nossa mente. É quando pensamos só no futuro, sem agir no agora para realmente chegarmos onde desejamos. Muitas vezes queremos muito realizar algo, mas não achamos que somos capazes, então a crença ganha força e por conta da autossabotagem não realizamos os nossos sonhos. Aquilo que você foca e acredita, inevitavelmente é o que você se torna.

O grande aprendizado da prática de yoga é voltar para o AQUI e o AGORA, perceber o corpo, desde a ponta dos dedos dos pés até o topo da cabeça. Através da observação da mente e da respiração consciente, adquirimos mais clareza nos pensamentos, nos tornamos capazes de perceber as nossas emoções, conseguimos escolher melhor as nossas ações e nos tornamos menos impulsivos. Melhorar o mundo interno e nossa relação com as pessoas ao nosso redor gera uma grande transformação pessoal. A escolha de sofrer ou ser feliz é nossa.

Gratidão Jéssica Bisinella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s