Desperte seu gigante interior, de Anthony Robbins, é um dos melhores livros que já li na vida. A forma como esse cara encontrou de ajudar as pessoas a transformarem suas vidas é incrível. Não bastava o livro ser sensacional, ele também tem um documentário chamado: Tony Robbins: Não sou o seu guru. No documentário (tem no Netflix) dá pra conhecer quem é o Tony de verdade. Pelo livro tu já sente o quão especial ele é, mas no documentário da pra ver isso claramente. Que pessoa incrível!

Mas voltando ao livro, são tantos ensinamentos, que aqui vou colocar só alguns, até porque alguns tem uma explicação bem profunda e longa e seria impossível colocar tudo aqui.

Esse livro é um intensivo de life coaching. São muitas dicas, exercícios e sacadas boas minha gente. Mas fica aqui a minha dica sobre o livro: LEIA!

Frases que me marcaram durante a leitura:

“Não é o que está acontecendo agora ou o que lhe aconteceu no passado que determina quem você se torna. Ao contrário, são suas decisões sobre o que vai focalizar, o que as coisas significam para você e o que você vai fazer a respeito que determinarão seu supremo destino”.

 

“As experiências aparentemente ruins ou dolorosas às vezes são as mais importantes. Quando as pessoas vencem, tendem a festejar, e quando falham, tendem a refletir, e começam a fazer novas distinções, que aumentarão a qualidade de suas vidas. Devemos nos empenhar em aprender com nossos erros”.

 

“Em vez de se castigar pelo fracasso, lembre-se de que não há fracassos na vida. Há apenas resultados. Se não conseguiu os resultados que queria, aprenda com a experiência, para que no futuro tenha referências para tomar melhores decisões”.

 

“São suas decisões, e não suas condições, que determinam seu destino”.

 

“Efetuando uma única mudança numa convicção global restritiva (alguma crença profunda que você tenha), você pode praticamente mudar todos os aspectos da sua vida num momento”.

 

“Tudo o que fazemos baseia-se no estado em que nos encontramos, e nosso estado é determinado pela fisiologia e a maneira como representamos as coisas na mente”.

 

“Seja curioso sobre a mensagem que a emoção está lhe oferecendo”.

 

“Todos precisamos de um senso permanente de crescimento emocional e espiritual”.

 

Alguns dos vários exercícios do livro:
1- Como mudar uma convicção ou crença:
– Escreva quatro ações que você precisa fazer e que vem adiando.
– Sob cada uma dessas ações, anote a resposta para a seguinte pergunta: por que nao tomei nenhuma ação? No passado, que dor vinculei a essa ação?
– Anote todo o prazer que experimentou no passado por se entregar a esse padrão negativo ( por exemplo: se você acha que precisa emagrecer, por que continua a comer porcarias e coisas que fazem mal pra sua saúde? Encontre uma nova maneira de criar esse mesmo prazer)
– Anote tudo o que lhe custará se não mudar agora. (Em dias, meses e anos, como isso faz você se sentir?
– Escreva todo o prazer que obterá ao tomar cada uma dessas ações imediatamente.
– O que fazer para eu me sentir bem?

2- Liste meios de mudar como você se sente, para ir da dor ao prazer e se sentir bem imediatamente. (ex: Alguma música, algum esporte, algum filme, livro, ligar para alguma pessoa).

3- Perguntas certas para resolver seus problemas:
– O que há de tão grande neste problema?
– O que ainda não está perfeito?
– O que estou disposto a fazer para que fique do jeito que eu quero?
– O que estou disposto a não fazer para que fique do jeito que quero?
– Como posso desfrutar o processo, enquanto faço o que é necessário para que fique do jeito que quero?

4- Perguntas de poder ao acordar:
– Pelo que sou feliz em minha vida agora?
– Pelo que me sinto empolgado em minha vida agora?
– Pelo que me sinto orgulhoso em minha vida agora?
– Pelo que me sinto grato em minha vida agora?
– O que mais desfruto em minha vida agora?
– Em que mais me empenho em minha vida agora?
– Quem eu amo? Quem me ama?

5- Perguntas de poder antes de dormir
– Com o que eu contribui hoje?
– O que eu aprendi hoje?

6- Controle emocional
– Identifique o que você realmente sente
– Reconheça e aprecie suas emoções
– Seja curioso sobre a mensagem que a emoção está lhe oferecendo.
– Seja confiante
– Tenha certeza que pode controlar não apenas hoje, mas também no futuro.
– Fique animado e entre em ação

7- Desenvolvimento pessoal
– Faça uma lista escrevendo tudo que você gostaria de melhorar em sua vida: aparência física, desenvolvimento mental, social, o que gostaria de aprender, sentir, experimentar, objetivos espirituais.
– Determine um prazo para cada um dos itens da lista.
– Encontre o objetivo mais motivador para realizar dentro de um ano e se sinta realizando isso e como você se sentiria ao realizar esse objetivo.

8- Quem é você?
– Se você procurasse seu nome no dicionário, o que ele diria?
– Se você fosse criar um cartão de identidade que representasse quem você realmente é, o que haveria nele?

9- O poder de se reinventar
– Faça uma lista neste momento de todos os elementos da identidade que você quer ter.
– Decida quem você deseja ser e escreva.

10- Dê o melhor de si
– Seja honesto com você mesmo
– Faça com que cada dia seja sua obra prima
– Ajude os outros
– Absorva o máximo de bons livros
– Faça da amizade um grande arte
– Construa um abrigo contra um dia de tempestade
– Ore por orientação, e agradeça por suas bênçãos todos os dias

Desperte seu gigante interior - Tonny Robbins

 

Tony Robbins - Não sou seu guru

A Trilha Arqueológica Fortaleza da Barra, também chamada de Trilha da Oração, é um santuário Arqueoastronômico. Nela encontra-se um conjunto de Monumentos Megalíticos, que são pedras que estão posicionadas de forma estratégica, que mostram exatamente quando ocorrem os fenômenos de solstício e equinócio, e também determinam a direção norte-sul.

Esses monumentos Megalíticos formam um dos mais complexos observatórios e calendário astronômico primitivo do litoral brasileiro.

Além de toda essa história mística e incrível da trilha, ela conta com uma das mais deslumbrantes vistas de Floripa. O visual panorâmico da Praia da Galheta, Praia Mole, Lagoa da Conceição, Barra da Lagoa, Ilha do Campeche, Xavier e do Arvoredo é um espetáculo único e merece ser contemplado.

A trilha é localizada numa propriedade particular. Por isso tem o custo de 15 reais por pessoa, ou 10 para estudantes e crianças. E ela só abre a partir das 9 horas da manhã. Existe também a possibilidade de fazê-la com um guia, daí o custo é de 30 reais (farei com guia, com certeza, para descobrir ainda mais curiosidades dessa trilha).

É um lugar encantador, daqueles que tu sente uma energia intensa, não dá nem vontade de ir embora. Aqui, vou mostrar alguns pontos da trilha:

Dólmen da oração: muitos povos tinham a tradição, ao amanhecer, de voltar-se para o leste para receber iluminação, ou seja, conhecimento sobre os astros. A partir dessas informações eles regulavam seu cotidiano. As montanhas têm sido usadas como templos sagrados para a aproximação com as divindades. Em muitos lugares da terra são encontrados pedras em forma de altares, e esses altares são chamados de Dólmen. Alguns místicos afirmam que esses lugares são portais para a comunicação com os seres celestiais.

Dólmen da Oração na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Dólmen da Oração na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Pedra virada: é apoiada em pedras menores, o que a caracteriza como um Dólmen. A base de quartzo em cima dela só se forma a 2 mil graus de temperatura, ou seja, não teria como ter se formado em contato com o ar. Então, essa pedra foi colocada nesse lugar. Embaixo dela é formada uma espécie de cama, onde é possível ver o nascer do sol e as principais estrelas próximas dos trópicos. A cena mais incrível é ver as plêiades, o cinturão de Orion e Sirius entre as suas aberturas. Para os geobiólogos, esse é um ponto energético capaz de produzir curas.

Pedra virada na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Pedra virada na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Observatório dos Equinócios: encostando a cabeça na pedra marcada por um círculo e olhando na direção do mar, você pode ver um pequeno triângulo formado entre duas pedras. Esse é o ponto onde se observa a passagem do disco solar no início da primavera e do outono. Ao lado, existe uma fenda onde é possível ver o pôr do sol nas mesmas datas.

Observatório dos equinócios na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Observatório dos equinócios na Trilha Arqueológica em Florianópolis

Mirante da Baleia: ponto mais alto do morro, 200 metros de altitude. Daqui é possível ver a ilha em 360 graus.

Mirante da Baleia: ponto mais alto do morro, 200 metros de altitude. Daqui é possível ver a ilha em 360 graus. Florianópolis

Mirante da Baleia

Menir Central: existem linhas de energia telúricas em volta da terra e essas energias foram demarcadas com menires e dólmen na pré-história. Faz muito bem abraçar a pedra durante alguns instantes e absorver a energia emanada por ela.

Menir Central Florianópolis

Menir Central

Trilha da Arqueológica da Galheta
Onde: Rua Laurindo José de Souza, 188. Fortaleza da Barra da Lagoa. Florianópolis – SC
Dias: de segunda à sábado
Horário: das 9h da manhã até as 16h da tarde.
Valor: 15,00
Estudante: 10,00
Valor com guia: 30,00
Informações: (48) 99607-2201
Site: http://immabrasil.com.br/atividades/trilha01.html

Dá pra sentir um pouco do que é essa energia através do vídeo que fiz lá.

Existem diversas formas de equilibrar os nossos chacras, dentre eles: Meditação, uso das cores, cristais, mantras, reiki, florais, fitoenergética, yoga e muito mais.

Vou citar aqui os métodos que eu já utilizei:

  • Meditação: fazer uma meditação guiada para equilibrar os chacras é muito bom. Através da visualização das cores e dos chacras circulando energia. Tem no youtube grátis ou no app que eu uso e já falei aqui: Zen.
  • Cores: para equilibrar os chacras também é possível utilizar as cores como, por exemplo, vestir roupas com a cor do chacra que você quer equilibrar.
  • Cristais: os cristais também ajudam a equilibrar os chacras. Podem ser colocados diretamente sobre o ponto do chacra que queremos equilibrar.
  • Mantras: uma outra forma de equilibrar os chacras é entonando mantras. Fazer uma meditação e entoar os mantras é muito bom.

Fiz um post falando sobre o que causa o desequilíbrio de cada chacra e as doenças correspondentes, é só clicar aqui para conferir.

Ter os 7 chacras em equilíbrio, harmonia, em alinhamento é fundamental para a nossa saúde e bem estar.

E aqui está a lista de todos os chacras, suas cores correspondentes, notas musicais, mantras e também os alimentos que ajudam a equilibrar cada um deles.

Primeiro Chacra/Chacra Básico/Muladhara
Local do Chacra: base da coluna
Mantra: Lam
Cor: Vermelho
Nota musical:
Alimentos: ricos em carotenoides como cenoura, acerola, abóbora, cereja, tomate, morango e mamão.

Segundo Chacra/Chacra Sacro/Swadhistana
Local do Chacra: 3 centímetros abaixo do umbigo
Mantra: Vam
Cor: Laranja
Nota musical:
Alimentos: laranja, mexerica, abóbora e cenoura.

Terceiro Chacra/Plexo Solar/Manipura
Local do Chacra: Estômago
Mantra: Ram
Cor: Amarelo
Nota musical: Mi
Alimentos: carboidratos como banana, batata e milho.

Quarto Chacra/Cardíaco/Anahata
Local do Chacra: região central do peitoral
Mantra: yam
Cor: verde e rosa
Nota musical:
Alimentos: preferir alimentos na cor verde como alface, limão, abacate e kiwi

Quinto Chacra/Laríngeo/Vishudda
Local do Chacra: garganta
Mantra: ham
Cor: azul
Nota musical: sol
Alimentos: frutas com cores fortes e diferentes.

Sexto Chacra/Frontal/Ajña
Local do Chacra: centro da testa a cerca de 1 centímetro acima das sobrancelhas.
Mantra: Om
Cor: índigo
Nota musical:
Alimentos: alimentos ricos em vitamina B como jabuticaba, uvas roxas, figo, amora e framboesa.

Sétimo Chacra/Coronário/Sahashara
Local do Chacra: alto da cabeça
Mantra: não tem nenhum específico
Cor: violeta e dourado
Nota musical: si
Alimentos: ricos em vitamina B e flavonóides como: jabuticaba, uvas roxas, figo, amora, framboesa, banana, graviola e pera.

Fonte sobre os chacras: Livro “Manual de Magia com as ervas” de Bruno Gimenes e Patrícia Cândido. Fonte sobre os alimentos: site Astrocentro.

Chacras em equilibrio

 

Conhecendo nossos chacras somos capazes de conhecer melhor nosso corpo, nossas emoções, pensamentos e sentimentos.

Chacras são centros de energia, que interagem diretamente com sete glândulas endócrinas principais do nosso corpo. Essas glândulas distribuem hormônios e diversas substâncias essenciais para a nossa saúde.

São 7 os chacras principais do nosso corpo. Eles têm a função de captar energia do ambiente e espalhá-la pelo nosso corpo até que essa energia abasteça nossas glândulas endócrinas.

Se recebemos e espalhamos energias boas, compatíveis com a nossa natureza, nosso corpo fica vitalizado e com muita saúde. Se recebemos ou emanamos energias negativas, o contrário acontece e então surgem as doenças.

De onde vêm essas energias? Elas são provenientes dos nossos pensamentos, sentimentos e emoções. Nosso sistema interno é muito inteligente e capaz de ver se é bom ou ruim o que estamos sentindo ou pensando. Simplesmente sabemos que amor faz bem e ódio faz mal.

Por exemplo, se temos uma mágoa profunda, durante muito tempo, com certeza isso pode se transformar em algo estranho dentro de nosso corpo, como um cisto, um cálculo, um tumor ou qualquer outra doença. Isso acontece porque a mágoa não é o combustível certo do nosso corpo. É como colocar o combustível errado no carro e querer que ele funcione.

Somos feitos para sentir e experienciar amor, compaixão, fé, prazer, alegria, otimismo, motivação, harmonia, felicidade, gratidão, respeito, admiração, devoção, altruísmo, contentamento e luz.

Aqui estão os nomes de cada chacra, onde se localizam no nosso corpo, comportamentos que causam seu desequilíbrio e também as doenças que causam esse desequilíbrio.

Primeiro Chacra/Chacra Básico/Muladhara
Local do Chacra: base da coluna
Causas do desequilíbrio: Problemas familiares, excessos de responsabilidade pessoal, profissional ou familiar. Dificuldades na estrutura de vida, falta de dinheiro, falta de emprego.
Doenças: Indisposição física, falta de vitalidade, dores nas juntas, torcicolo, nervo ciático, desânimo de viver, falta de entusiasmo. Falta de aterramento no plano Terra, problemas nos ossos, hemorróidas, unha encravada crônica, infecção de rins e bexiga.

Segundo Chacra/Chacra Sacro/Swadhistana
Local do Chacra: 3 centímetros abaixo do umbigo
Causas do desequilíbrio: dificuldade nos relacionamentos com cônjuges, parentes, amigos. Autopodar-se de realizações na vida, falta de aceitação com o corpo, baixa autoestima, dificuldade em viver a vida.
Doenças: Deficiência no sistema linfático. Falta de orgasmo. Incapacidade de ereção. Ejaculação precoce. Descontroles no fluxo menstrual, acúmulo de gordura acentuado na região do quadril, obesidade em geral, cisto nos ovários, infertilidade.

Terceiro Chacra/Plexo Solar/Manipura
Local do Chacra: Estômago
Causas do desequilíbrio: raiva, medo, insegurança, mágoa, tristeza, remorso, arrependimento, não engolir a vida, falta de aceitação, intolerância, desejos não realizados, ansiedade, angústia, pânico, não perdoar, vitimizar-se, excesso de infantilidade, falta de flexibilidade, carência afetiva, vergonha e culpa.
Doenças: deficiência digestiva e estomacal, úlcera, gastrite, oscilações de humor, depressão, introversão, hábitos alimentares anormais, instabilidade nervosa, câncer de estômago, desequilíbrio emocional, inseguranças, medos e pânicos. Agonias, ansiedade, diabetes, obesidade, pancreatites, hepatites, compulsão por consumo, hérnia de hiato.

Quarto Chacra/Cardíaco/Anahata
Local do Chacra: região central do peitoral
Causas do desequilíbrio: Sentimentos reprimidos, tristeza, não achar graça da vida, materialismo excessivo, falta de compreensão, falta de sensibilidade, excesso de apego por tudo, dores de perda e abandono.
Doenças: Infartos, Angina, taquicardia, paradas respiratórias, deficiência pulmonar, circulação precária, baixa imunidade, enfisema pulmonar, câncer de mama, lúpus, doença do sangue em geral, doenças arteriais, gripes.

Quinto Chacra/Laríngeo/Vishudda
Local do Chacra: garganta
Causas do desequilíbrio: não conseguir falar, não conseguir opinar, não conseguir verbalizar ou expressar sentimentos, “engolir” os sentimentos reprimidos, não conseguir pôr em prática os projetos.
Doenças: Falta de criatividade para verbalizar pensamentos, dificuldade de expressão e comunicação, principalmente em público. Asmas, artrites, alergias, laringites, dores de garganta, problemas menstruais, herpes e aftas na boca, problemas de cabelo e pele, descontrole do crescimento do corpo na infância, bócio, herpes, câncer na garganta, perda da voz, surdez, problemas nos dentes e gengivas.

Sexto Chacra/Frontal/Ajña
Local do Chacra: centro da testa a cerca de 1 centímetro acima das sobrancelhas.
Causas do desequilíbrio: ceticismo, materialismo excessivo, excesso de preocupações na vida, não saber dar limites na vida, excesso de negatividade, raiva do mundo, futilidade, dificuldade em viver a vida, excessiva visão racional e lógica de tudo.
Doenças: incapacidade de visualizar e compreender conceitos mentais. Incapacidade de pôr ideias em prática. Influencia a função de todas as outras glândulas. Dores de cabeça, sinusite, confusão mental, dificuldade de concentração, memória ruim, otites, hiperatividade mental.

Sétimo Chacra/Coronário/Sahashara
Local do Chacra: alto da cabeça
Causas do desequilíbrio: negligência espiritual, alienação da causa e missão pessoal, falta de fé, incredulidade, não aceitar o mundo, nao se ligar a uma consciência divina, não crer em Deus, rejeitar sua origem e criação.
Doenças: desequilíbrio do relógio biológico e do sono, estado de torpor constante, estado de espírito alterado, desarmonia no vínculo entre corpo físico e corpos sutis. Não interação total da personalidade com a vida e os aspectos espirituais. Tumores no cérebro. Obsessões espirituais. Depressão. Mal de alzheimer, mal de parkinson, esquizofrenia, epilepsia. Influencia a função de todos os outros chacras.

Essas informações eu retirei do livro: “Manual de magia com as ervas” de Patrícia Cândido e Bruno Gimenes. Livro este que estou lendo/estudando sobre fitoterapia.

Em um próximo post, vou explicar maneiras de equilibrar os chacras.

“Chacra significa roda ou centro energético, fluxo, redemoinho ou simplesmente roda de luz”.

qquote chacra (1)

O que é o autoconhecimento?

Autoconhecimento é conhecer a si mesmo, as suas características, seus sentimentos, suas reações, inclinações. É a busca pelo nosso ser interior, por respostas e entendimentos sobre nós mesmos e nossa vida. E a partir dessas percepções, evoluir.

Autoconhecimento também é descobrir o que você tem de melhor e de pior dentro do seu mais profundo ser e descobrir o porquê de você agir como age, ser quem você é, e os resultados que você obtém.

Às vezes não aceitamos certos sentimentos que temos, mas devemos olhar para eles, analisar o porquê deles existirem e daí compreender e evoluir com isso.

Tudo na vida é uma evolução, uma transformação, um ensinamento.

Toda experiência é sagrada.

Até mesmo as experiências ruins são sagradas. Se acontece algo que não gostamos na nossa vida, devemos parar e analisar a situação. Tire um ensinamento de toda situação que você viver. Pois é a vida querendo te mostrar algo.

Se conhecendo melhor, conseguimos diminuir nossos impulsos, aqueles momentos que fizemos algo sem pensar. Porque nos conhecendo, estaremos mais conscientes de nossos atos. E conseguimos resolver melhor nossos problemas.

É uma prática infinita. Sempre precisamos melhorar e evoluir. E essa prática faz com que tenhamos controle sobre nossas emoções. Sou canceriana, ascendente em câncer, então a emoção é grande por aqui heheh. Mas foi através do autoconhecimento que descobri como controlar tudo que sinto. E controlando nossos sentimentos, a ansiedade, depressão, frustração, estresse, baixa auto estima, tudo diminui e até some.

O autoconhecimento também serve para nós nos encontrarmos na vida. Para descobrir nosso propósito aqui, o porquê de estarmos aqui. E quando começamos a alinhar nossa vida ao nosso propósito real, tudo começa a fluir de uma forma maravilhosamente natural. É incrível. Você começa a conhecer as pessoas certas, acontecem coisas inesperadamente maravilhosas, muita sincronicidade.

“Autoconhecimento é descobrir o que faz seu coração vibrar de verdade, quais assuntos você se interessa, que te inspiram, o que gosta de fazer, ler, como quer viver, é descobrir o seu propósito de vida”.

“Se não encontrar dentro de si mesmo o que procura, também não conseguirá encontrá-lo fora. Sócrates”.

É decifrar nossos próprios mistérios e segredos, sentimentos e emoções.

Se queremos conhecer o mundo, devemos primeiro conhecer a nós mesmos. E isso é um processo, cada dia aprendemos algo novo. É interiorização, é viajar para dentro de nós mesmos e descobrir o que há lá dentro. E é uma jornada linda. Acabamos mudando nossa visão de mundo, tudo fica mais claro, nossa interação com o mundo e com as outras pessoas vai mudando. E isso nos possibilita aprender muitas coisas novas. Acabam ocorrendo grandes descobertas e incríveis transformações internas e externas. É criar consciência de você mesmo.

“Autoconhecimento significa estar consciente de quem você é na essência”.

Eu iniciei meu processo de autoconhecimento através da astrologia e da meditação, mas,  cada um tem o seu tempo, a sua hora de começar e o seu próprio caminho a percorrer.

Meditação com sinos de cristal de quartzo

Meditação com sinos de cristal de quartzo

Participei, no final de semana do dia 22 ao dia 24 de setembro, do Retiro do Despertar da Inteligência Espiritual na Praia da Ferrugem em Santa Catarina.

Foi meu primeiro retiro. Uma experiência incrível. Recomendo pra todo mundo participar pelo menos uma vez na vida de algo assim.

O retiro, criado pelo Claudio Senna, consiste no resultado das suas experiências, tanto durante a sua formação acadêmica, como ao longo do tempo que se dedicou ao estudo e à prática da meditação.

O retiro tem como objetivo proporcionar momentos de reflexão e aprofundamento do autoconhecimento e a conexão com nossos propósitos de vida, visão e valores, para vivermos de acordo com nossos princípios mais profundos.

Foram muitas técnicas de meditação e vivências em grupo com o objetivo de ampliar a espontaneidade, estimular a capacidade de viver e responder ao momento, enxergando padrões, relações e conexões maiores. Além de despertar e ampliar o senso de pertencimento para vivermos de modo mais sustentável.

As atividades (em cada retiro são proporcionadas experiências diferentes. Aqui tem algumas das atividades que foram realizadas nesse):

  • Meditações com várias técnicas diferentes (com sinos de cristal de quartzo, comendo, caminhando, em silêncio, com mantras, contemplativas)
  • Vivências em grupo
  • Colheita de verduras na horta
  • Caminhadas silenciosas na mata
  • Princípios da Inteligência Espiritual
  • Trilhas ecológicas
  • Café da manhã silencioso
  • Técnicas de Tai Chi Chuan
  • Pintura de camisetas

O lugar:
O lugar do retiro é chamado de Fazendinha da Ferrugem: um lugar de energia incrível, belas paisagens e diria até um pouco mágico.

A comida:
A comida foi toda e completamente natural e orgânica através da Ayurveda. Foi um desafio para mim e eu adorei experimentar coisas que nunca tinha comido antes. É uma explosão de sabores e muita coisa que nem conhecia o nome. Além de ser uma experiência bem legal, ainda fizemos um detox completo do corpo.

Mas sabem o que foi mais incrível de tudo isso? Conhecer pessoas novas, que estão em sintonia comigo. A energia do grupo foi perceptiva, simplesmente tudo fluiu. Foi tão bom sentir tantas coisas. Estar num lugar lindo, com gente do bem, comendo comidas saudáveis e de brinde tivemos o alinhamentos dos planetas no dia 23/09. Foi um fim de semana de muita energia, interiorização e aprendizado.

Recomendo muuuuuito vocês a participarem desse Retiro ou de algum parecido. Se aprofundar nesses assuntos é uma experiência surreal.

A página do Claudio é essa: Despertar da Inteligência Espiritual. Curtam e participem dos eventos que ele promove, são fantásticos. 

Aqui um vídeo para vocês sentirem um pouquinho do que foram esses nossos momentos lá.

Sempre tive curiosidade em saber mais sobre Física Quântica, mas nunca tinha ido atrás para saber a fundo sobre o que se tratava. Até que esses dois livros apareceram na minha frente. Um foi por indicação e o outro encontrei na livraria por acaso.
Tenho que admitir que não é uma leitura fácil, é realmente cheio de física, teorias, cálculos e fórmulas. Mas eles nos enchem de questionamentos e testam todas as teorias já criadas até hoje sobre o nosso universo. E no final, percebemos que tudo é uma coisa só, que somos o universo mesmo. Que a ciência sozinha não é capaz de explicar de onde viemos, porque estamos aqui e para onde vamos.

O primeiro livro que li sobre esse assunto foi “Você é o Universo: crie sua realidade quântica e transforme a sua vida” de Deepak Chopra.

Vocêéouniverso

Esse livro abriu um pouco mais minha mente, em se tratando da teoria de que o pensamento cria. Já estava nessa vibração de pensar positivo, mas lendo esse livro, vi que realmente as coisas existem primeiro no pensamento. Qualquer coisa já criada neste planeta, foi primeiro um pensamento de alguém. É um livro que nos enche de dúvidas, principalmente sobre o espaço-tempo das coisas. Ele nos desafia sobre a maneira como enxergamos nossa realidade. Explora tanto a ciência como a espiritualidade. E no fim acabei concluindo que realmente todos somos um só. No livro, Chopra cita Einstein: “Percebi que o passado e o futuro são ilusões que existem apenas no presente, que é o que existe, é tudo que existe”. O que me remete diretamente para o livro “O Poder do Agora”. 

Separei aqui algumas frases que me chamaram mais atenção, que são mais espirituais e menos física.

“O ser humano tem o dom do autoconhecimento, que por sua vez é a chave da liberdade”.

“Nossa mente é duplamente controlada. Às vezes somos nós que estamos no controle, outras vezes é uma força desconhecida que está no controle”.

“Sabendo quem somos, podemos explorar possibilidades desconhecidas”.

“O ser humano têm o dom do autoconhecimento, que por sua vez é a chave da liberdade”.

“Quem sofre de ansiedade ou depressão é vítima de uma atividade mental descontrolada”.

“Uma pessoa normal não costuma perder o controle da mente, mas ainda assim é impossível para ela controlar seus pensamentos, pensar só naquilo que quer.”

O segundo livro foi “O universo Autoconsciente: como a consciência cria o mundo material” de Amit Goswami. Esse livro também é cheio de teorias de como nosso universo existe e acontece. Tem bastante física no livro, mas é bastante esclarecedor.

Ouniversoautoconsciente

O autor apresenta uma visão de mundo totalmente unificada, onde mente e espírito se integram à ciência. E também chega-se à conclusão de que tudo é uma coisa só e que nossa consciência é a base de tudo que existe. O autor constrói uma ponte entre a ciência e a espiritualidade. E ainda fala sobre o poder da meditação na nossa vida. Já fiz dois posts aqui no Blog falando sobre meditação: 12 motivos para começar a meditar agora e Tipos de meditação. É uma leitura instigante, que quebra muitas crenças que temos sobre o nosso universo.

“Há mais coisas entre o céu e a terra do que sonhava a física clássica”.

Os dois livros são cheios de curiosidades e especulações sobre o nosso universo e como as coisas se criam. Para quem está no caminho da expansão da consciência, é muito interessante ler sobre esse assunto. Ele faz com que nos sentimos conectados com o universo, nos faz sentir que somos todos uma coisa só e por isso expande nossa consciência em vários sentidos na vida.

Fica aí então a minha dica desses dois livros sobre Física Quântica.

Um beijo e obrigada por ler todo o post 🙂

Fazer mais em menos tempo é possível? Sim!
Como? Focando totalmente sua atenção àquela atividade que você está realizando.
Mas como focar? Gerenciando o seu tempo.
Como gerenciar o tempo? Através de uma técnica.
E essa técnica se chama Pomodoro. Eu aprendi ela com uma professora muito querida em uma aula de pós graduação em Marketing Digital.

Do que você precisa:

  • Programar um timer, ou cronômetro, pode ser o do celular.
  • Uma folha
  • Uma caneta ou lapis
  • Uma tarefa específica

Como funciona:
– Você programa no timer, 25 minutos.
– Durante esses 25 minutos você vai fazer apenas aquela tarefa específica que precisa fazer.
– Se lembrar de algo que precisa fazer durante a atividade, anote no papel do seu lado e continue a fazer a sua atividade.
– Durante esse tempo de 25 minutos, faça apenas a tarefa que é pra ser feita, sem nenhuma distração.
– Quando der os 25 minutos, tire 5 minutos para descansar, fazer qualquer outra coisa que não seja a tarefa.
– Acabou os 5 min de intervalo, volte para os 25 minutos focados naquela tarefa específica.

Por muitas vezes você acha que precisa de muito tempo para realizar uma tarefa, mas quando foca completamente, leva muito menos tempo.
Mas se alguma tarefa passar de 4 tempos de 25 minutos, daí você precisa de meia hora de descanso para iniciar mais 25.

Nosso cérebro não consegue ficar focado durante muito tempo consecutivo, mas dando esses intervalos, é possível focar e realizar coisas em muito menos tempo.

Eu uso isso para ler. Leio 25 min e descanso 5, depois leio mais 25. A leitura rende.
Também uso para limpar a casa, para fazer trabalhos da pós.. Para praticamente qualquer atividade.

O importante é manter caneta e papel do seu lado, porque você vai lembrar que precisa mandar mensagem pra alguém, ou ligar para alguém, ou verificar e-mail, ou qualquer outra coisa, e quando surgirem essas distrações na sua mente, anote no papel e faça essas coisas durante os 5 minutos de intervalo. Assim, você não perde o raciocínio da tarefa em andamento. Ou seja, você vai focar toda a sua atenção naquela tarefa específica.

Você dedica 100% do tempo para fazer aquela coisa.
Parece uma coisa boba né, mas experimente fazer e sinta a diferença que causa na sua produtividade.
Isso pode e deve ser usado para quem trabalha intensamente em escritórios, por exemplo, ficar 25 minutos focado e descansar 5, depois de 4 ciclos, descansar meia hora, para recomeçar. Você vai produzir muito mais em menos tempo.

Imagine essa técnica aplicada em uma empresa, todo mundo junto trabalhando focado, sem nenhuma interrupção? É mais produtividade em menos tempo porque quando estamos totalmente focados a coisa rende.

Separei aqui um vídeo muito bom falando sobre a técnica que acho que dá pra entender bem como funciona.

Oi gente, tudo bem? Convido vocês a conhecerem um pouquinho sobre as Cataratas do Iguaçu, um patrimônio natural da humanidade.

Elas podem ser visitadas tanto pelo lado brasileiro, em Foz do Iguaçu, como também pelo lado argentino. Resolvemos conhecer as Cataratas pelo lado brasileiro, onde a visão das Cataratas é mais ampla, formando lindas paisagens.

Fomos de carro e chegando no Parque Nacional do Iguaçu, é tudo bem sinalizado e de fácil acesso, estacionamos o carro e fomos para a bilheteria. Tem a opção de comprar a entrada diretamente no totem eletrônico. Compramos assim e não enfrentamos nenhuma fila.

Eu fiquei encantada com a organização e capricho do lugar, parece coisa internacional. Tem lojinha de lembranças logo na entrada do Parque.

Para ir até as Cataratas embarcamos em um ônibus que nos conduziu até o início do passeio pelas Cataratas.

Existem vários tipos de passeios dentro do parque: Voo de helicóptero, trilhas a pé, trilhas de bike, passeios de barco (Macuco Safari) e o passeio a pé pelas Cataratas.

Fomos nesse passeio a pé, que se chama trilha das Cataratas. Chegando lá, no ponto inicial do passeio, tem um hotel lindo e maravilhoso que fica dentro do parque. Ele vai aparecer no vídeo. É mais uma opção pra quem quiser.

Fomos recepcionados por vários quatis, um bichinho bem esperto que pode até abrir zíper e pegar coisas das bolsas hahahahah. Eles ficam por lá, mas é proibido dar comida ou encostar neles.

Já na chegada a paisagem é bem impactante. É muita água, muito verde, muito lindo.

É incrível a imponência da mãe natureza. No vídeo dá até pra sentir um pouquinho disso.

O parque tem mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas. São brasileiros e argentinos se esforçando na preservação desse patrimônio mundial.

Depois de toda a caminhada e muita beleza natural, você chega ao Espaço Porto Canoas, que conta com uma enorme lancheria com lanches no estilo mcDonald’s e também tem um restaurante enorme e lindo. E claro, uma lojinha cheia de tranqueira e lembrancinhas das Cataratas hehehe.

Confiram no vídeo a beleza do lugar:

Vou contar pra vocês que quando fomos nos aproximando mais da água, senti um leve desconforto. Não sei explicar exatamente o que senti, alguma energia diferente que tinha lá bem perto da água. Depois que fiz a formação em Thetahealing, estou mais sensitiva, então, provavelmente captei alguma coisa por lá. Mas vale a pena o passeio mesmo assim. É muito lindo.

Aqui algumas dicas:

  • Levar bastante água. É realmente bem quente lá.
  • Levar capa de chuva porque molha mesmo
  • Capinha a prova d’água para o celular ou câmeras a prova d’água
  • Tem lanchonete e restaurante dentro do parque
  • Protetor solar, no rosto pelo menos
  • Roupas leves e confortáveis
  • Nós fomos de chinelo porque molha tudo, mas todo mundo estava de tênis

Informações sobre o Parque
Horário: 9h às 17h
Preço: R$ 37,00 por pessoa
Estacionamento: R$ 22,00 por carro
Abertos todos os dias da semana
É possível comprar o ingresso pelo site

Site: http://www.cataratasdoiguacu.com.br/#

 

Tour com Guia Manezinho é um projeto de turismo em Florianópolis para os moradores da ilha conhecerem um pouco mais sobre a história da cidade. Obviamente os turistas na cidade também são bem vindos. O tour dura em média 2 horas. É muito interessante saber sobre o passado da ilha, suas histórias e como ela se tornou o que é hoje. O Rodrigo, Guia Manezinho, conta as histórias da época e vai mostrando fotos antigas, trechos de livros, músicas e áudios relacionados com o tema de cada tour. Ele trabalha com o modelo PQQ, Pague o Quanto Quiser. Então, ao final do tour você paga o quanto achar que valeu o passeio.

Alguns tours que ele promove:

  • Centro histórico de Florianópolis
  • As bruxas cascais e Coqueiros histórico
  • Sol Poente – Santo Antônio de Lisboa
  • De Desterro à Florianópolis
  • Fortes e invasões na ilha de SC

Participei de dois Tour com o Rodrigo, além dele saber mesmo sobre a história dos lugares ele é um móh quiridu (manezinho da ilha). Formado em jornalismo, resolveu ir para a área do turismo e fazer formação em guia turístico porque achou que seu espírito de viajante poderia ajudá-lo a comunicar. E aí, resolveu utilizar a sua habilidade com comunicação para trabalhar com a consciência histórica e cultural da sua própria cidade. O projeto está completando um ano e já atendeu mais de 1.500 pessoas.

O tour do vídeo é o Tour Fortes e invasões a ilha de SC no Forte de São José da Ponta Grossa, na praia do Forte. Um cenário lindo com uma história forte de um passado da ilha.

Aqui tem alguns pontos abordados por ele durante a visitação do forte.

  • Qual a relação das fortalezas com a colonização açoriana?
  • Elas funcionaram mesmo? Como era o sistema?
  • O processo de construção, abandono e restauração dos principais fortes.
  • Um panorama das quase 20 fortalezas que chegaram a existir na Ilha
  • Vida dentro da fortaleza: hábitos, costumes, louças, alimentação
  • Desvendando um canhão do século 17: peças, funcionamento, riscos e curiosidades

Curtam a página do Guia Manezinho no Face e fiquem sabendo dos próximos tours pela ilha. 

É uma forma de descobrir Floripa através do olhar de um guia que nasceu e cresceu na ilha, completamente apaixonado pela história de Floripa.

%d blogueiros gostam disto: